APARTAMENTO SANTA EFIGÊNIA

A encomenda feita para um apartamento compacto no bairro Santa Efigênia traz consigo diversas soluções para unidades com espaços limitados.

Equipe: Daniel Carvalho e Haiko Cirne Sinnema
Fotografia: Gabriel Castro (Reverbo)
Endereço: Bairro Santa Efigênia - Belo Horizonte/MG
2015

Um apartamento de dois quartos com apenas 65m² e diversos desafios. Por conta da metragem limitada, a configuraçãofuncional do apartamento precisava de uma solução definitiva capaz de se adaptar ao estilo de vida da moradora que, além de ser adepta do home-office, também gosta de receber parentes e amigos.

Optou-se por reverter o banheiro de empregada em lavabo, que se oculta na parede de quadro negro e abrir a cozinha para a sala, tendo uma ilha com cooktop e uma mesa de jantar entre os ambientes. Como a televisão não era prioridade, optou-se por utilizar um telão que desce do forro e tem projeção sobre a janela do ambiente. Por solicitação da cliente, uma parede da sala recebeu a cor roxa e sua parede oposta, um painel em madeira com porta de correr para o corredor. O corredor de circulação recebeu um espelho piso- teto ao seu final e armários embutidos para prataria. O antigo banheiro social se transformou em um banheiro para o home-office/quarto de hóspedes. 

Na suíte master, o banheiro foi ampliado ao eliminar a parede que fazia divisa com o quarto. No seu lugar foi utilizado um vidro temperado. O armário do closet recebeu em sua porta uma televisão. A suíte master é melhor detalhada a seguir.

 O projeto foi capaz de se adaptar ao estilo de vida da moradora e gerar conforto, apesar da metragem limitada.

 Na primeira imagem vemos que, apesar da parede roxa na parede oposta, o restante do ambiente é dominado pelos tons neutros. Na segunda imagem, temos uma visão melhor da ilha de cocção que abriga a mesa retrátil. A mesa retrátil é capaz de se adaptar a diversas situações: dois lugares para o dia a dia da moradora, quatro lugares para receber alguns amigos e seis lugares para receber toda a família.

O objetivo da solução adotada era ganhar alguns centímetros a mais no quarto e no banheiro, além da função estética, que é lembrar uma lâmpada ao iluminar o quarto indiretamente pela luz do sol ou pela luz artificial vinda do banheiro no período noturno.