PADARIA E COMIDARIA MOSTEIRO

Padaria cujo estilo remete aos antigos armazéns de bairro, fugindo do lugar comum dos estabelecimentos da capital mineira.

Ficha Técnica:
Equipe: Daniel Carvalho e Haiko Cirne Sinnema
Fotografias: Gabriel (Reverbo)
Endereço: R. Ouro Preto, 571 - Barro Preto, Belo Horizonte / MG
2016

Antes da encomenda do projeto, os clientes fizeram um exaustivo plano de negócios com intuito de identificar as áreas mais carentes de padarias na região Centro-Sul de Belo Horizonte. Dentre diversas localidades, foi escolhido o bairro Barro Preto, nas proximidades do Fórum Lafayette, que traz milhares de pessoas todos os dias para aquela região.

A ideia do projeto, executado num imóvel de 340m², era sair do lugar comum das demais padarias da capital mineira, remetendo a arquitetura aos antigos e tradicionais armazéns e mercearias de bairro, tão característicos no passado da cidade. Era necessário imprimir um clima acolhedor, pois o salão principal funcionaria como padaria, mas também como pequeno mercado e para lanches rápidos, reuniões, almoços executivos, e happy hours.

Na área entre o backstage e o salão principal estão um depósito e as instalações sanitárias masculinas e femininas adaptadas para o público segundo a Norma de Acessibilidade (NBR 9050). No salão principal, as atividades foram divididas em quatro áreas: uma área para refeições, uma ilha de corte e exposição de alimentos, uma área de mercearia e a área de pagamento dos caixas.

Todo o salão conta com piso em granilite cinza, paredes em cerâmica branca e teto preto. Refletores foram utilizados como luminárias de toda a área sem forro de madeira, lâmpadas pendentes foram utilizadas sobre as ilhas / áreas de refeição e luminárias herméticas foram especificadas em toda a área de backstage.

PADARIA MOSTEIRO_WEB_Foto por Gabriel Castro-3.jpg

A área de backstage representa 40% da área de todo o imóvel e foi configurada da seguinte maneira: um corredor de distribuição de fluxos, com administração, vestiários e copa dos funcionários mais ao fundo, cozinha industrial, depósito, lavação, confeitaria e, por fim, área de produção de pães mais próxima ao salão principal. Toda a área conta com divisórias em dry wall e pisos, paredes e tetos laváveis em tinta epóxi branca.

Logo ao entrar, temos a área de pães, que cria um pano de fundo para toda a padaria e dita o clima do local numa clara inspiração industrial: tubulações expostas, teto escuro e madeira rústica. Ao fundo, temos a mercearia, onde os clientes podem buscar alguns produtos antes de deixarem o local. O balcão da área de refeições funciona como um pivô, pois atende tanto o público que fará um lanche rápido em pé, quanto ao público que irá se sentar nas mesas e permanecer por mais tempo no estabelecimento.

A área de refeições é marcada pelo forro em madeira que colabora com a acústica e desce a parede formando um brise que visa atenuar a insolação do fim de tarde. Por fim, quadros negros decorativos e grandes móveis de marcenaria marcam as paredes desse trecho.